Visita Pastoral - Sacramento do Crisma e Batizado


No dia 12 de maio, Domingo, o Senhor Bispo administrou o Crisma a 13 jovens da Paróquia de Tabuaço, onde decorre, de 9 a 19 de maio, a Visita Pastoral. A celebração da Santa Missa iniciou com uma Procissão de entrada, num percurso onde estavam colocados puzzles, com monumentos e locais de todo o mundo, relembrando-nos que todas as terras e realidades são oportunidade de evangelizar, de testemunhar a fé, de comunicar a vida de Jesus Cristo.

Durante a Eucaristia, mistério pascal, memorial da morte e da ressurreição de Jesus, a celebração de mais dois Sacramentos, o do Batismo, cuja família tinha atempadamente proposto este dia, e o Crisma, já referido. rolex replica

Pegando na imagem do Bom Pastor, D. António Couto foi apontando Jesus como modelo a seguir. Identificação do cristão a Cristo. O Batismo enxerta-nos em Cristo. O Crisma configura-nos ao modo de agir de Jesus. Olhando para Jesus vislumbramos como cuida, como serve, como busca as ovelhas perdidas e desgarradas. Jesus usa a imagem do Bom Pastor no contexto da Dedicação do Templo, ocasião em que sobressai a luz, com o acender progressivo das velas do candelabro. Luz, mais luz. A nossa luz é Jesus Cristo. É necessário mais ovelhas e mais pastores. E também nós somos chamados e enviados para que haja mais ovelhas, mais pastores, mais luz. O batismo faz-nos renascer pela água e pelo Espírito. Ilumina-nos. Pelo crisma, com o óleo derramado na nossa fronte, a certeza que é o dedo de Deus que toca o nosso coração, a nossa vida, cuja leveza, no amor, no bem e na docilidade, nos aproxima de Deus, nos aproxima dos irmãos, sobretudo dos mais frágeis.

Neste contexto, o Sr. Bispo recordou o encontro que tinha tido com os crismandos, lembrando também que a Visita Pastoral se iniciara, nesse dia, na passada quinta-feira, com a Visita aos Doentes, frisando que, se alguém está doente, alguém está só, é nossa responsabilidade visitar, cuidar, estar atento, prestar ajuda. Não é lá com ele ou com a família, é connosco, comigo e contigo. O Sr. Bispo administrou a Santa Unção aos doentes que visitou e aos doentes, idosos, funcionários, e pessoas que participaram na Santa Missa, celebrada no sábado, 11 de maio, no Lar da Santa Casa da Misericórdia. Ora, a Santa Unção, que antigamente se recebia apenas no extremo, no final da vida, mas que agora se destina a todos, mais avançados na idade ou mais jovens, uma vez que todos, em algum momento nos sentimos frágeis. A Santa Unção é a carícia de Deus que nos quer bem e que vem ao nosso encontro, como Bom Pastor, Jesus Cristo. E a carícia que Deus nos comunica é a que devemos comunicar uns aos outros, reconhecendo que somos irmãos uns dos outros.

A Visita Pastoral continua esta semana com diferentes momentos e celebrações. Queremos que D. António se sinta verdadeiramente em casa.

 

Publicado originalmente na Voz de Lamego, edição de 14 de maio de 2019

 

> ÁLBUM FOTOGRÁFICO (mais completo) na página da PARÓQUIA NO FACEBOOK - aqui.


Todos os direitos reservados © PARÓQUIA DE TABUAÇO 2017
Realizado por Terra das Ideias

Política de Privacidade