Celebração do Tríduo Pascal


O tempo de Páscoa é essencial para os cristãos. Sem a ressurreição de Jesus, Ele não teria passado de uma personagem curiosa e excêntrica, fixada no passado. Ressuscitando, ultrapassou os limites do tempo e da fragilidade, fazendo-nos participantes da Sua oferenda e da Sua vida para Deus. A Páscoa centra, por conseguinte, a atenção e o cuidado das nossas comunidades, com as tradições que se mantêm e se renovam, com propostas de caminhada durante o tempo de Quaresma, para que tudo desemboque na Semana Santa e em concreto no Tríduo Pascal: quinta-feira santa, com a Cerimónia do Lava-pés, da Instituição da Eucaristia e da trasladação do Santíssimo, na nossa comunidade, para a Capela de Santa Bárbara; sexta-feira santa, com a Adoração da Santa Cruz, contando também com a Procissão do Senhor morto, da Igreja também para a Capela de Santa Bárbara. O sábado Aleluia é preenchido pelo adorno dos espaços, em especial da Igreja. Na celebração da Vigília Pascal, a bênção do lume e da água para a administração do Sacramento do Batismo.

Na celebração da Ceia do Senhor, em quinta-feira santa, a receção dos Óleos santos (catecúmenos, enfermos e crismandos), benzidos na Missa Crismal, na Sé de Lamego, sob a presidência do Sr. Bispo de Lamego.

A fechar a Semana Santa e, especificamente, o Tríduo Pascal a santa Missa de Domingo de Páscoa, precedida pela Visita Pascal, no anúncio da Ressurreição de Jesus. De casa em casa.

Algumas fotos das celebrações do Tríduo Pascal: quinta-feira santa; sexta-feira santa, esábado / Domingo de Páscoa:

 repliche orologi orologi replica

> ÁLBUM FOTOGRÁFICO completo da SEMANA SANTA na página da PARÓQUIA NO FACEBOOK - aqui.


Todos os direitos reservados © PARÓQUIA DE TABUAÇO 2017
Realizado por Terra das Ideias

Política de Privacidade