CRÓNICAS & DESAFIOS


JESUS CRISTO, NOSSA PÁSCOA E NOSSA ALEGRIA

 

Jesus Cristo é a nossa Páscoa, a nossa esperança e alegria, e a Luz que nos conduz e nos envolve no Seu amor e na Vida nova que nos dá. Tão grande este mistério que guia, ilumina e dá forma à nossa vida como cristãos. Existimos para a Páscoa, porque dela nascemos. Somos o que somos por causa da Páscoa. Sem a Páscoa não seríamos cristãos, não seríamos Corpo de Cristo, que é Igreja. E caminhamos como peregrinos para a Páscoa (eterna), que é Jesus Cristo.

Com efeito, quando batizados, mergulhámos neste mistério maior, morrendo com Cristo, ressuscitando com Ele, tornando-nos novas criaturas. Por outro lado, o mistério da Eucaristia configura-nos totalmente a Cristo, morto e ressuscitado, somos Corpo n'Ele e com Ele.

A cada ano, a festa das festas cristãs, a Páscoa anual, para recentrar a nossa fé, para imprimir a prioridade que deve habitar-nos, a essência do nosso crer, do nosso celebrar e do nosso agir. Vai e faz do mesmo modo. Como Eu vos fiz, fazei vós também. Amai-vos uns aos outros como Eu vos amei. Lavei-vos os pés... para que assim o façais aos vossos irmãos. Dai-lhes vós mesmos de comer. Onde dois ou três estiverem reunidos em Meu nome aí estarei no meio deles. Estarei convosco até ao fim dos tempos. Não temais, Eu venci o mundo. Quem acreditar em Mim será salvo. Vinde a Mim todos vós que andais cansados e oprimidos e Eu vos aliviarei. Vinde benditos de Meu Pai. O que fizerdes ao mais pequeno dos irmãos é a Mim que o fazeis. Quem quiser ser o primeiro, seja o último e o servo de todos. Sede perfeitos e misericordiosos como o Vosso Pai do Céu. Nem um copo de água ficará sem recompensa. Perdoai, sempre, pois assim o Pai vos perdoará a vós. Ide reconciliar-vos com os irmãos.

As palavras de Jesus são acompanhadas por gestos e vice-versa, os gestos são explicitados pelas palavras. Mas tudo é "sacralizado", fixado, elevado no mistério da Sua Páscoa que Ele nos deixa como memorial, para que também hoje, na minha e na tua, na nossa vida, Ele Se faça presente com a Sua vida e com o Seu amor sem fim. Ele vive, Ele está no meio de nós. A distância "ontológica" – Ele vive na dimensão do Pai – é contemporaneizada no mistério da Igreja, concentrado, vivido e celebrado no dom da Eucaristia em que Ele, Deus sempre connosco, Se faz presente nas espécies do vinho e do pão, novamente e sempre pela ação do Espírito Santo.

 (Publicado originalmente na Voz de Lamego, edição de 27 de março de 2018)


Todos os direitos reservados © PARÓQUIA DE TABUAÇO 2017 Realizado por Terra das Ideias