CATEQUESE DE ADULTOS - ESCOLA DA FÉ


Na preparação dos sínodos dedicados à família, outubro de 2014 e outubro de 2015 foi produzido um questionário com diferentes questões para auscultar os cristãos em todo o mundo. Também em Portugal. Neste como em outros estudos, os católicos portugueses apontaram a formação como uma necessidade e uma urgência. Mais formação. As escolhas de vivência da fé serão uma resposta de formação para os cristãos adultos.

Anima-nos a consciência de que o cristão é sempre discípulo, está sempre a aprender e com necessidade de descobrir mais e mais a vida de Jesus e do Evangelho. Discípulos missionários. Quanto mais perto de Jesus, quando mais familiarizados com a Sua mensagem e com as exigências deste tempo, mais “aptos” para darmos razão da nossa fé e da nossa esperança. Não podemos dar o que não temos. O testemunho passa pela vida, antes de mais, mas também pelo anúncio. Quantas vezes somos chamados a explicitar o que nos move, as razões de sermos cristãos?! Na vida cristão não há discípulos que não sejam missionários. A Diocese de Lamego, no pontificado de D. António Couto, tem partido sempre do imperativo: Ide. Quem experimenta a alegria de ser cristão, quer que outros também a experimentem.

Muitas paróquias têm bem organizada a catequese da infância e da adolescência. Está implantado, onde é possível, um itinerário catequético de 10 anos. É, com efeito, um tempo limitado, voltado para crianças e adolescentes, mas que não esgota nem aprendizagens, nem finaliza nenhum curso, mas é um desafio a embrenhar-se mais em Jesus Cristo, também a através da Sagrada Escritura. Depois da celebração do Crisma, a oportunidade de compromisso no Grupo de Jovens, na Catequese, em outros grupos paroquiais. Esta inserção e pertença também se alimentam de formação.

Aliás, hoje em dia, nas diferentes áreas profissionais, a necessidade de formação, de atualização, na linguagem e, por vezes, na maneira de agir, de intervir, de ser mais profissional…

As Escolas de Vivência da Fé são uma possibilidade e uma resposta a esta necessidade de formação cristã de adultos. São espaço reflexão e de aprofundamento da fé, de convívio, de testemunho e de oração.

Esta insistência do nosso Bispo, D. António Couto, corresponde à necessidade de responder ao mandato missionário de Jesus: Ide e anunciai o Evangelho a toda a criatura, fazei discípulos de todas as nações.

As sessões da escola da fé estarão estreitamente ligadas ao Plano Pastoral da Diocese de Lamego, em cada Ano Pastoral, e realizar-se-ão na penúltima ou última sexta-feira de cada mês, no Centro Paroquial. O responsável pelas escolas da fé do Arciprestado de Moimenta da Beira – Sernancelhe – Tabuaço é o Padre Jorge Giroto, Vice Arcipreste. Em cada sessão da Escola da Fé um sacerdote do Arciprestado.

Na Diocese de Lamego, nesta dinâmica das Escolas da Fé e formação cristã de adultos, a criação do Centro de Estudos Fé e Cultura (CeFécult), com oferta de um Curso Básico de Formação Religiosa, situado no Seminário Maior de Lamego, sob a coordenação do Reitor, Pe. Joaquim Dionísio, e com sessões temáticas, sobre temas pertinentes, pontuais ou que correspondam às necessidades e solicitações dos arciprestados e/ou zonas pastorais.


Todos os direitos reservados © PARÓQUIA DE TABUAÇO 2017 Realizado por Terra das Ideias